InícioAssuntos do MomentoCandidíase - Tudo o que você precisa saber sobre

Candidíase – Tudo o que você precisa saber sobre

Você já ouviu falar sobre Candidíase?

Hoje em dia ela é um dos assuntos mais comentados da ciência.

Não por acaso…

O crescimento da população que desenvolveu essa infecção é bem grande.

E por essa razão, decidimos dedicar o post de hoje, inteiramente a isso, para que você saiba tudo sobre o assunto e passe então a se prevenir.

Vamos lá?

fungo-da-candidiase-ilustração-grafica

O que é a Candidíase? 

A candidíase é uma infecção gerada por um fungo que ataca principalmente os órgãos genitais femininos e masculinos, além de pele, unhas, boca e garganta. 

Isso acontece devido ao aumento de fungos que causam uma infecção chamada cândida, normalmente encontrada em pequena escala no corpo humano.

Porém o crescimento pode acontecer por medicamentos e problemas de saúde afetando áreas corporais mais úmidas. 

Por se tratar de uma infecção causada por fungos do corpo, a Candidíase não tem cura, mas existe um tratamento para controle de proliferação e sintomas. 

Existem vários tipos de Candidíase e elas são classificadas de acordo com a área do corpo que afetam: 

Candidíase Oral:

A Candidíase oral pode afetar a boca ou garganta, geralmente ocasiona aftas e o que pode gerar também, uma maior dificuldade de ingerir alimentos. 

Candidíase Genital:

A Candidíase genital acontece nos órgãos genitais femininos e masculinos principalmente devido ao sistema imunológico com baixa resistência, falta de higiene e diabetes.

Candidíase no Esôfago:

Já a Candidíase no esôfago, faz parte de um grupo mais raro da infecção que geralmente ocorre em portadores de AIDS ou com câncer e idosos. 

Candidíase na Pele:

A Candidíase na pele aparece geralmente nas axilas, virilha, nádegas, entre os dedos e parte interna das coxas. 

Candidíase Invasiva:

A Candidíase invasiva é um dos tipos mais graves de infecção que tem como objetivo chega na corrente sanguínea, em muitos casos podendo ser fatal.

Causas da Candidíase 

A Candidíase acontece devido a um desequilíbrio do corpo e por isso faz com que a quantidade do fungo, presente no corpo, aumente de forma exagerada. 

Esse desequilíbrio pode acontecer devido ao excesso de calor deixando as áreas cobertas e úmidas do corpo mais propensa ao ataque dos fungos, comidas muito gordurosas e alimentos não cozidos completamente. São outros fatores que podem atrair o fungo.

Além disso, quando a imunidade corporal fica muito baixa, o corpo fica propenso a desenvolver todos os tipos de fungos e vírus que posam existir no organismo. 

A candidíase não é uma doença sexualmente transmissível, porém quando em tratamento da infecção não é aconselhável qualquer tipo de relação sexual, já que o sistema imunológico está prejudicado. 

Essa infecção pode ocorrer com mais frequência na gravidez ou quando a imunidade da pessoa fica baixa, já que o corpo perde o equilíbrio e os fungos acabam crescendo e se proliferando no organismo.

Sintomas da Candidíase 

Os sintomas da Candidíase se dividem nos grupos já citados, de acordo com o local.

Candidíase Vaginal:

Os principais sintomas da Candidíase vaginal são:

– Coceira;

– Dor;

– Vermelhidão na região genital;

– Corrimento em excesso;

– Dores durante a relação sexual;

mulher-segurando-placa-candidiase-vaginal

Candidíase Peniana:

A Candidíase peniana gera:

– Coceira;

– Ardencia na ponta do pênis;

– Além de provocar inchaço do órgão.

Além disso o homem pode também:

– Sentir ardência ao ir ao banheiro;

– Dores no ato sexual;

– Corrimento;

– Odores;

– Feridas que se parecem com rachaduras na pele do órgão genital. 

Candidíase Oral:

A Candidíase oral é marcada por sintomas como:

– Desconforto e dificuldade para engolir;

– Manchas brancas na língua e dentro da boca.

– Os cantos da boca podem ficar rachados. 

Candidíase no Esôfago:

Os principais sintomas da candidíase no esôfago são:

– Dores ao engolir;

– Dores no peito;

– Dores abdominais;

– Perda de apetite;

– Náuseas;

Candidíase de Pele:

Os fungos da Candidíase têm como sintomas como:

– Vermelhidão na pele;

– Escurecimento da pele podendo formar crostas;

– Descamação;

– Coceira;

– Queimação;

– Líquidos saindo das lesões;

Candidíase Invasiva:

Quando os fungos chegam na corrente sanguínea você pode sentir:

– Dores de cabeça;

– Ter febres;

– Articulações inflamadas;

– Vômitos;

Tratamento para a Candidíase 

O passo inicial do tratamento da Candidíase é através de um exame para que seja feita a confirmação da doença que é realizado pelos fluidos corporais (fezes, urina, escarro) ou pelo órgão genital ou ainda pela pele. 

O tratamento da Candidíase acontece através de medicamento e pomadas receitadas por um clínico ou especialista. 

As pomadas mais usadas para o tratamento da Candidíase são:

– Nistalina;

– Cetoconazol;

– Fluconazol;

– Canditrat;

– Icaden;

– Colpatrin;

– Fentizol;

Essas pomadas devem ser receitas pelo médico e devem ser utilizadas, normalmente, durante um prazo mínimo de 14 dias, mesmo que os sintomas melhorem ou sumam, dentro desse período. 

Além disso, existem alguns outros procedimentos que podem ser realizados como: 

– Raspagem da pele com infecção, para tirar o excesso do fungo da pele. 

– Luz negra que elimina a infecção bacteriana.

Cuidados e prevenção da Candidíase 

Como a Candidíase é um fungo presente no corpo, existem cuidados que podem dificultar o surgimento da infecção, e serem utilizadas como uma prevenção.

Por essa razão, mostramos abaixo alguns cuidados importantes:

– Manter o corpo hidratado;

– Uso de preservativos;

– Limpar a área genital antes de dormir;

– Manter a área genital seca;

– Não ficar com roupas molhadas;

– Evitar o consumo de bebidas alcoólicas e cigarro;

– Manter regiões úmidas do corpo arejadas e limpas;

– Preferir o uso de tecidos de algodão;

– Não usar roupas muito justas;

– Trocar constantemente absorventes;

– Uso controlado de antibióticos;

– Diminuir a ingestão de açucares;

Remédios caseiros para a candidíase 

Existem algumas receitas que podem melhorar e ajudar com a infecção Candidíase, porém elas não substituem a visita ao médico e nem entram no lugar dos remédios que são recomendados com eles e que devem ser ingeridos de forma correta.

Mesmo assim, vale muito a pena, dar uma olhada nessas opções que podem fazer a diferença durante o tratamento, ou o tempo que antecede a ele.

Iogurte natural 

O iogurte natural é capaz de diminuir a acidez da vagina e por isso, não deixa que os fungos se desenvolvam. 

Para isso, introduza uma quantidade de iogurte natural na vagina, com uma seringa ou com a ajuda de um absorvente interno, deixando agir por três minutos e lavando em seguida. 

Chá de uva-ursina:

Esse chá consegue diminuir o organismo causador da Candidíase. 

Chá de poejo:

Muito usado para tratar a Candidíase oral, o chá de poejo faz com que os fungos da boca não consigam se proliferar. 

Conclusão

Assim como existe vários tipos de fungos a Candidíase é considerada uma das mais graves, justamente, por causa que em alguns casos ela pode ser fatal.

Por essa razão, é de extrema importância que caso os sintomas se encaixe com o que você está sentido, você deve de imediato procurar um médico que poderá lhe auxiliar da melhor maneira a como começar com o tratamento.

IMPORTANTE: Nenhum remédio caseiro descrito acima, pode e deve substituir um acompanhamento médico, por essa razão, o médico deve SIM, ser solicita nessas situações.

Artigos Relacionados

Mais populares