InícioSaúdeNimesulida anti-inflamatório: para que serve e como tomar

Nimesulida anti-inflamatório: para que serve e como tomar

Algumas pessoas costumam ficar mais doentes do que outras e acabam tendo de frequentar mais ambulatórios e clínicas.

Se você é uma dessas pessoas, que está doente e precisa saber um pouco mais sobre o medicamento da Nimesulida, esse post é especial para você.

Não deixe de ler por completo:

O que é a Nimesulida? 

A Nimesulida é um medicamento com ação anti-inflamatória sem esteroides, que tem também ação térmica e analgésica, o que contribui para que ela seja muito usada em processos pós-operatórios. 

A fórmula da Nimesulida é composta por ácidos conhecidos como aspirina e é encontrada em farmácias e drogarias sem a necessidade de uma receita médica. 

Além disso, a Nimesulida pode ser encontrada em comprimidos, cápsulas, gotas, pomada e até supositórios.

Entretanto, o seu uso não é indicado para crianças menores de 12 anos sem que seja feita a prescrição médica. 

Esse medicamento pode ser encontrado através de nomes comerciais como Nisulid, Nisulid e Arflex. 

Para que serve a Nimesulida? 

A Nimesulida é um medicamento usado para tratar dores agudas como a dor de ouvido, garganta inflamada, dente e até cólicas menstruais. 

Outra possibilidade desse medicamento é de ser usado como alívio para dores em ligamentos, tendões, músculos e nas articulações.

A Nimesulida também é usada para abaixar a febre, sintomas de gripe e dor odontológicos no pós-operatório da retirada do siso e de alguns outros procedimentos cirúrgicos. 

O efeito da Nimesulida para dores acontece 15 minutos depois que você tomou e a febre demora em torno de 1 hora para fazer efeito. 

Este medicamento tem uma taxa de nível tóxico e por isso o uso deve ser controlado e de curta duração e a preferência é que você procure por um médico antes de começar a ingerir e só o faça depois de suas recomendações.

Como tomar Nimesulida? 

Esse medicamento é encontrado principalmente com a dosagem de 50mg, 100mg ou 200mg, porém existe o medicamento em gotas que é encontrado em 50mg/ml.

Quando o medicamento for comprado em compridos a quantidade se limita a duas doses diárias, sendo um comprimido a cada dose, entretanto, é importante que você tome apenas 100mg com um intervalo de 12 horas para cada dose. 

Já quando você for fazer o uso da Nimesulida em gotas deve tomar 1 gota por cada quilo do seu peso, sendo que a quantidade total deve ser dividida em duas doses.

Porém, a medicação em gota deve ser de no máxima 80 gotas diárias, por isso, se o seu peso está acima de 80 quilos, tome apenas 80 gotas. 

A versão em gel ou pomada do medicamento deve ser usada três vezes ao dia e seu uso é recomendado durante uma semana para que a dor não volte ou seja amenizada. 

Com o acompanhamento médico a Nimesulida pode ser usada no formato de supositórios para crianças a partir dos dois anos, mas apenas com o acompanhamento médico.

Por ser um medicamento de curto prazo, o período máximo que você pode usar é de 13 a 15 dias e se os sintomas persistirem interrompa a medicação e procure um médico, informando a quantidade do medicamento que já tomou e por quantos dias. 

Por se tratar de um medicamento poderoso quando a ação é voltada contra a dor, o seu uso deve ser feito após as refeições (comprimidos, cápsulas e gotas) para não prejudicar o trato digestivo. 

Efeitos colaterais da Nimesulida 

O uso da Nimesulida pode apresentar diversos efeitos colaterais e por isso seu uso deve ser restrito a quantidades pequenas e por pouco tempo e somente por recomendação médica.

O problema mais grave apresentado pela Nimesulida é a lesão ao fígado, que pode gerar úlceras e insuficiência renal.

Essas lesões estão associadas ao uso continuo do medicamento e de doses muito elevadas.

Existem alguns efeitos que podem acontecer pelo uso da Nimesulida e são considerados apenas efeitos colaterais, como no uso de qualquer outro medicamento. 

– Diarreia;

– Sensação de queimação estomacal;

– Azia e náuseas;

– Manchas na pele; 

– Gases em excesso; 

– Retenção de líquidos; 

– Coceiras;

– Sonolência;

– Prisão de ventre;

– Urina mais escura;

– Tremores nas mãos e pés;

frasco-com-remédios-na-mão

Quando não se deve usar a Nimesulida? 

Como todo o medicamento disponível em mercado, a Nimesulida possui contraindicações e por isso seu uso não deve ocorrer em alguns casos. 

– Pacientes com insuficiência cardíaca ou doenças cardiovasculares;

– Pacientes com gastrite, úlceras ou insuficiência renal;

– Qualquer indivíduo com histórico de doenças hepáticas, hipertensão ou diabetes;

– Quando há qualquer tipo de sangramento;

– Mulheres grávidas ou em fase de amamentação;

– Quando há nível elevado de potássio no sangue;

– Crianças menores de 12 anos;

– Alérgicos a algum dos componentes da fórmula;

– Pacientes com problemas de coagulação;

– Quando existe alguma infecção por bactéria;

Onde comprar a Nimesulida e preço 

A Nimesulida é encontrada em farmácias e drogarias sem que você precise da receita de um médico.

Porém o medicamento é disponibilizado de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde caso um médico prescreva para você. 

Esse medicamento também é encontrado em sites pela internet, mas você deve ter um cuidado extra com as informações do rótulo para verificar a quantidade de miligramas do medicamento. 

O preço da Nimesulida varia de acordo com os estabelecimentos de compra e a quantidade de remédios. 

É possível comprar cartelas com 12 cápsulas, em gotas contendo 100 ml ou caixinhas com até 60 comprimidos e o valor pode chegar até R$ 70 reais.

Cartelas menores são vendidas por R$ 24 a R$ 30 reais. 

Por que muitos países baniram a Nimesulida?

Alguns países como Estados Unidos, Japão e Canadá tiveram a Nimesulida de circulação no mercado devido a problemas constantes da população em apresentar alguns dos efeitos colaterais do uso exagerado do medicamento, como mencionamos acima, lesões no fígado e nos rins. 

Essa medida foi tomada depois que foi constatado que o uso constante ou em doses maiores que o recomendado provocou problemas médicos em muitos pacientes, sendo que alguns vieram a óbito por falência dos rins e outros precisaram de transplantes.

Devido aos problemas apresentados, a Comissão Europeia não permitiu que o medicamento sequer entrasse no Reino Unido e na Alemanha.

No ano de 2007 a Sociedade Internacional de Drogas emitiu um boletim solicitando que as Comissões dos países avaliassem a retirada do medicamento para venda ou distribuição. 

Por isso a indicação é de que o uso desse medicamento ocorra em prazos curtos de tempo, com intervalo entre uma dose e outra e sempre em quantidades pequenas.

Além disso, você deve fazer o uso da medicação sempre após alguma refeição, para diminuir o impacto que a Nimesulida provoca no trato digestivo. 

Conclusão 

A Nimesulida então, muito usada aqui no Brasil deve ser restringida no uso, em casos apenas necessários e sob prescrição médica. 

Além disso, você deve ficar atento a qualquer sinal de efeito colateral que apareça e suspender o uso do medicamento, sempre procurando ajuda médica durante esse período.

Em alguns casos opte por usar anti-inflamatórios mais leves, que não prejudiquem a sua saúde e que pode ser usado sem peso na consciência e com o medo de obter alguma consequência grave.

Artigos Relacionados

Mais populares