InícioSaúdeO que você precisa saber sobre rinite alérgica

O que você precisa saber sobre rinite alérgica

A rinite alérgica é uma inflamação da mucosa nasal devido à exposição a um certo alergênio. As causas mais comuns são pólens e pêlos de animais de estimação, mas outros alergênicos como ácaros domésticos, baratas e até mesmo certas plantas têm sido relatados como desencadeadores.

Em alguns casos, os pacientes podem ter tanto febre do feno quanto asma ao mesmo tempo. A rinite alérgica pode ser classificada como sazonal ou perene. Para muitas pessoas, é um problema durante todo o ano que melhora ou piora com as mudanças no clima.

Há vários tratamentos para a rinite alérgica, incluindo anti-histamínicos orais de venda livre ou prescritos e esteróides nasais.

Estes medicamentos também vêm em forma de comprimidos, sprays nasais, frascos para injeção na área afetada, colírios, géis que podem ser aplicados topicamente na pele ao redor do nariz e espumas que você aplica diretamente em suas narinas.

menina-sofrendo-com-rinite

Sintomas comuns de rinite alérgica

– Espirros: Esta é a queixa mais comum de rinite alérgica. Um ou dois espirros podem ser o resultado de um resfriado ou de uma mudança no clima, mas espirros múltiplos se encaixam durante todo o dia é um sinal de alergia.

– Olhos lacrimejantes: Este é um sintoma de conjuntivite alérgica, que é a inflamação das membranas mucosas que revestem as pálpebras e a parte branca do olho. As alergias são a causa mais comum desta inflamação.

– Coceira no nariz: Geralmente é sentida no interior do nariz e pode ser tão grave que o mantém acordado durante a noite.

– Nariz congestionado: Isto ocorre quando há um excesso de muco nas passagens nasais.

– Irritação da garganta: Este é um sinal de inflamação na garganta, que é o sintoma mais comum de bronquite alérgica.

– Dores de cabeça: Estas podem ser causadas por alergias, assim como por um resfriado ou infecção.

– Olhos inchados ou com sangue: Este é outro sinal de conjuntivite alérgica.

Causas da rinite alérgica

Os alergênios podem estimular o sistema imunológico a produzir anticorpos chamados imunoglobulina E (IgE). Estes anticorpos se ligam a mastócitos encontrados nas passagens nasais, na garganta e nos pulmões.

Um alergênio fará com que essas células liberem produtos químicos como histaminas e leucotrienos que causam inflamação e um corrimento nasal.

Alguns dos alérgenos mais comuns que causam rinite alérgica incluem:

– Pólen de árvores, gramíneas, ervas daninhas ou flores, especialmente tasneira

– Ácaros do pó da casa

– Pêlos de animais

– Baratas

– Mofo

– Certos alimentos como ovos, leite, amendoim, soja, trigo e frutos do mar

– Solventes

Quando você é exposto a qualquer um desses alergênios, o sistema imunológico responde produzindo imunoglobulina E (IgE), que se liga a mastócitos nas vias nasais, garganta e pulmões.

Este é o primeiro passo para produzir histaminas e outros produtos químicos que causam inflamação e um corrimento nasal.

Como é diagnosticada a Rinite?

Se você estiver experimentando um ou mais dos sintomas listados acima, seu médico realizará um exame físico completo.

Durante o exame, seu médico fará um esfregaço nasal para detectar doenças infecciosas e poderá também procurar sinais de alergias. Se seu médico suspeitar de alergia, será feito um exame de sangue ou de pele para determinar se você é alérgico a alguma coisa.

Estes testes são eficazes, mas muitas pessoas são sensíveis a tantas coisas que pode se tornar um desafio para identificar o culpado.

Tratamentos para rinite

Quando a rinite ocorre como resultado de uma infecção, os antibióticos podem ser usados para tratar a infecção.

Além disso, seu médico também pode prescrever descongestionantes para reduzir o inchaço em suas passagens nasais e anti-histamínicos para reduzir a coceira e os espirros.

Se você sofrer de alergias sazonais, seu médico pode recomendar um anti-histamínico diário como medida preventiva. Se você tem alergias perenes, seu médico pode recomendar um anti-histamínico tomado diariamente, bem como corticosteróides intranasais que podem ser usados conforme necessário.

Seu médico também pode recomendar doses de alergia, que podem ajudar a reduzir as alergias ao longo do tempo.

Conclusão

A rinite alérgica, é uma condição na qual o sistema imunológico pensa erroneamente que certos tipos de substâncias inofensivas são prejudiciais.

Na rinite alérgica, o sistema imunológico responde a alergênios como o pólen com sintomas como corrimento nasal, prurido nos olhos e espirros

Com um tratamento adequado, as pessoas com rinite alérgica podem reduzir seus sintomas e desfrutar de uma vida mais normal.

Artigos Relacionados

Mais populares