InícioBem-EstarPílula do dia seguinte

Pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é um dos métodos mais eficientes para aquelas pessoas que cometeram algum “deslize” no momento do ato sexual e quer prevenir uma gravidez não desejada. Quer saber mais detalhes sobre esse medicamento que pode prevenir a gravidez mesmo depois do ato sexual? Confira o post de hoje e descubra mais detalhes!

Mesmo que as mulheres conseguissem tomar os contraceptivos corretamente, milhões de gestações indesejadas ainda poderiam acontecer. Considerando as possibilidades de erro nos métodos contraceptivos atuais fica mais fácil entender o porquê a pílula do dia seguinte se tornou uma opção tão presente atualmente.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas a respeito desse produto, como ele funciona, quais são os efeitos colaterais e como utilizá-lo. Então, se você quer saber um pouco mais sobre a pílula do dia seguinte, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. 

No artigo de hoje você irá ver como funciona a pílula do dia seguinte, assim como você deve tomá-la corretamente para que o efeito seja positivo, alguns efeitos colaterais que a mesma pode causar assim como algumas advertências. Ficou interessado? Confira mais detalhes a seguir! 

comprimido-pilula-do-dia-seguinte

Como funciona a pílula do dia seguinte?

Essa talvez seja a grande dúvida de muitos, como funciona a pílula? É um aborto? É eficaz? Quanto tempo devo tomar depois do ato sexual?

Vejamos: O método de ação da pílula do dia seguinte é bastante simples. O seu principal objetivo é impedir que ocorra a ovulação e, consequentemente, a fecundação que dará início à gravidez.

Caso a mulher ainda não tenha ovulado, a pílula do dia seguinte evitará que esse processo aconteça ou atrasá-lo. Dessa forma, o óvulo não será fertilizado.

Mais do que isso, a pílula do dia seguinte ainda impede a formação do endométrio gravídico. Essa é uma camada que reveste o útero a fim de receber óvulo para sua fecundação

Vale lembrar que, caso a fecundação já tenha ocorrido, a pílula do dia seguinte não irá interromper a gravidez. O produto não é um abortivo, sua ação é preventiva. Por isso, se você acredita que a relação sexual praticada recentemente pode resultar em alguma gravidez, você pode fazer o uso da pílula para prevenir. Você não estará abortando como muita gente acredita e sim impedindo a ovulação que não é o mesmo.

Como tomar a pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte, para que tenha eficiência, deve ser ingerido o quanto antes depois da relação sexual desprotegida. No entanto, o prazo máximo é de 72h após. Claro que quanto antes ela for tomada, mais eficaz ela será.

Por isso, se você levou muito tempo para pensar se necessita tomar a pílula ou não, é bem provável que o óvulo já tenha sido fecundado, desse modo a pílula já não terá mais efeito. 

Por isso, se você realmente acredita que o ato sexual praticado irá resultar em uma gravidez não desejada, a melhor maneira é comprar a pílula em qualquer farmácia em um período de 24 horas. 

Como usar? Usá-la é extremamente simples e sua apresentação normalmente é de 1 ou 2 comprimidos. Para isso, basta ingerir o(s) comprimido(s) com o auxílio de um pouco de água ou alimento. Caso a pílula seja de 2 comprimidos, ambos devem ser tomados juntos, em dose única. 

Vale lembrar novamente que as pesquisas revelam que as chances de eficácia são de 88% se tomada dentro das primeiras 24h após a relação insegura.

Não perca tempo e veja a possibilidade de comprar a pílula o quanto antes se é isso mesmo que você deseja: não engravidar. 

Quais os efeitos colaterais da pílula do dia seguinte?

Quase todos os medicamentos vendidos em farmácias possuem algum efeito colateral que você pode sentir ou não após ingerir o medicamento.

Este fármaco é considerado bastante seguro se utilizado da forma correta. Por isso, não há registros de efeitos colaterais graves decorrentes do seu uso. No entanto, assim como qualquer medicamento, o uso da pílula do dia seguinte pode levar à ocorrência de reações indesejáveis, tais como:

  • Náuseas
  • Vômito
  • Sensibilidade nos seios
  • Cefaleia (dor de cabeça)
  • Tontura
  • Cólicas
  • Dor abdominal
  • Antecipação da menstruação

Caso o vômito ocorra em seguida da administração da pílula, dentro de 2h a 4h, o ideal é repetir a dose da mesma. Isso porque existe o risco de que o comprimido seja eliminado no vômito, perdendo sua eficácia.

Sempre observe essas reações caso ocorram. Se persistirem, consulte o seu médico ginecologista e relate o ocorrido.

mão-segurando-comprimido-e-copo-d'agua

Aviso sobre a pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte não deve nunca ser utilizada como um método contraceptivo regular. O uso da mesma é recomendado com moderação. Por isso, o uso da mesma em uma frequência maior que duas vezes por mês pode aumentar o risco de câncer de mama ou útero, trombose, problemas para gestações futuras, embolia pulmonar e outros.

É preciso ressaltar também que a pílula do dia seguinte não é um método com 100% de eficácia, embora possua índices de segurança que chegam a 98%.  No entanto, como já foi dito, essa segurança tem relação direta com a forma de uso do produto e o tempo de administração. 

Além disso, seu efeito só é garantido sobre a relação sexual que gerou a sua necessidade. Caso ocorra uma nova relação sexual desprotegida, não há garantia de eficácia contraceptiva.

Nosso organismo logo após recorrer diversas vezes a pílula pode não reconhecer seus efeitos, então nesse caso sempre será manter relações sexuais com proteção anticonceptiva e deixar o uso da pílula em algum caso extremo e não casual.

Existem vários métodos anticonceptivos, os mais usados e populares são o uso da camisinha ou das pílulas anticonceptivas.

Um ginecologista pode indicar o melhor método para você, aconselhar e tirar dúvidas consulte com esse especialista e evite uma gravidez não desejada. 

Gostou do artigo de hoje? Compartilhe-o com mais pessoas, assim todos podem verificar a importância de conhecer o método e eficaz da pílula do sai seguinte. É sempre bom estar informado! Faça a sua parte! 

Artigos Relacionados

Mais populares