InícioEmagrecerRemédios para emagrecer: os mais usados

Remédios para emagrecer: os mais usados

A busca pelo peso ideal leva muitas pessoas a dietas restritivas e exaustivas sequência de atividades físicas. Com os números de obesidade crescendo de forma gigantesca, é preciso ficar de olho no peso e cuidar para que o seu corpo seja saudável e ainda buscar formas de emagrecer. 

Com isso, remédios para emagrecer tem feito cada vez mais sucesso e você precisa conhecer os mais usados. 

Então, chega de perder tempo e conheça agora alguns dos remédios para emagrecer que mais fazem sucesso. 

comprimidos-cápsulas-remédios

Suplementos para emagrecer

Os suplementos que garantem o emagrecimento, são remédios naturais que ajudam no funcionamento do corpo. Hoje já existem diversas empresas que fazem esses tipos de suplemento e, grande parte, só é encontrada para venda pela internet. A vantagem desses remédios para emagrecer é que eles não causam nenhum tipo de efeito colateral e evitam o efeito sanfona. 

– Super Slim X:

O super slim x é um suplemento que tem a finalidade de atingir gorduras localizadas e diminuir medidas corporais. Esse suplemento ficou ainda mais conhecido depois da eficácia que apresentou para melhorar o processo digestivo e por conseguir controlar os níveis de gordura no sangue. 

Além disso, esse remédio para emagrecer dá uma sensação de saciedade, reduzindo a loucura por doces e por lanches fora de horário. 

– Coffee Green 

O caffe green é um dos suplementos que apareceram recentemente e já conseguiu milhares de adeptos. Feito através do café verde, esse suplemento consegue acelerar o funcionamento do organismo, atuando diretamente na queima de gordura. 

Além disso, o coffee green consegue reduzir e até eliminar celulites e estrias, já que provoca uma grande queima da gordura localizada. 

– Quitoplan 

O Quitoplan é um dos suplementos mais conhecidos e comercializados no mercado. 

Este suplemento funciona como um acelerador de queima de gordura, fazendo o seu corpo trabalhar mais rápido. Além disso, o quitoplan elimina a gordura do corpo transformando gordura em energia e excretando os excessos pelas fezes ou pelo xixi. 

Com a ingestão do quioplan o seu organismo deixa de absorver toda a gordura que é ingerida e o sistema digestivo passa a funcionar melhor. 

– Womax 

Um dos mais recentes suplementos para emagrecer de forma natural. O womax atua diretamente como um queimador de gordura. Esse processo acontece porque o suplemento acelera o funcionamento do organismo e reduz a vontade de comer. 

Além disso, o Womax consegue reduzir celulites. 

– Plano Detox Caps 

O plano detox é um remédio natural que traz o benefício dos sucos detox em cápsulas. Isso significa que esse remédio atua na retirada de toxinas e na retenção de líquidos. Dessa forma, você reduz medicas logo na primeira semana e o seu metabolismo começa a ficar mais acelerado, ou seja, queima uma maior quantidade de gordura.

– Body Slim Fast 

Esse remédio natural para emagrecer funciona através da fusão da pimenta e do café verde. Isso significa que o Body Slim Fast é um poderoso termogênico que faz com que o seu corpo aumente a temperatura interna e queime gordura. 

Além disso, esse suplemento reduz a absorção de gordura no trato digestivo e consegue reduzir ou até eliminar a celulite, por queimar a grande quantidade de gordura localizada. 

– Pholia magra 

Esse suplemento funciona através da cafeína, que acelera o metabolismo e faz com que o corpo queime uma maior quantidade de gordura. Utilizado, principalmente, por controlar a vontade de doces e para reduzir a gordura localizada. 

Esse remédio natural ainda é pouco conhecido, mas tem trazido grandes resultados. 

Remédios farmacêuticos para emagrecer 

Os remédios de uso médico para emagrecer, geralmente, são indicados para pacientes com sobrepeso ou com obesidade mórbida e requerem acompanhamento médico. Além disso, esses remédios para emagrecer causam uma série de efeitos colaterais e são vendidos apenas com a apresentação da receita.

mulher-colocando-remédios-na-mão

– Bupropiona 

Usado no tratamento de pacientes hiperativos, depressivos e no controle do vício do fumo e as consequências da dependência. A bupropiona consegue promover a perda de peso por reduzir o apetite e a ansiedade, causando uma sensação de calmaria e bem-estar. 

Os efeitos colaterais do uso desse remédio são vômitos, problemas para conseguir dormir e náuseas. Em casos mais graves, alguns pacientes já apresentaram alucinações. 

– Fluoxetina 

A fluoxetina é usada para o tratamento de pacientes depressivos, para o transtorno obsessivo compulsivo e para pacientes com bulimia. Esse remédio funciona através da redução da ansiedade e da fome e pode ser indicado para pacientes com obesidade mórbida. Os efeitos colaterais mais apresentados por pacientes que ingerem a fluoxetina estão a insônia, alterações drásticas de humor, ataques de pânico e uma sensação constante de agitação. 

– Femproporex 

Usado para reduzir a fome e os níveis de estresse, o femproporex age diretamente no sistema nervoso do paciente, causando a sensação de que você já se alimentou. Bom isso, o seu organismo funciona mais rápido para processar que (teoricamente) foi ingerido e causa a queima de gordura. 

Usado em pacientes mórbidos, esse medicamente já causou problemas como dependência, tremores constantes, sintomas depressivos e dificuldade para dormir. 

– Sertralina 

Usada para diversos transtornos mentais, a sertralina é um remédio que causa o emagrecimento por reduzir a fome e a ansiedade. A sertralina é conhecida como o remédio da felicidade, já que o composto causa uma regulação hormonal que faz o seu cérebro produzir hormônios que causam a sensação de bem-estar. 

Os resultados do uso de sertralina podem estar ligados a problemas para conseguir dormir, sangramentos nasais, alterações de humor e sensação de cansaço. 

– Saxenda 

Esse medicamento funciona através da redução da fome, produzindo uma sensação de saciedade. Além disso, a saxenda consegue alterar o paladar, por isso, você deixa de achar as comidas apetitosas e o resultado é que você come menos. 

Usado no tratamento de paciente sobrepesos a saxenda pode resultar em cansaço, flatulências constantes, diarreia, problemas no sistema digestivo e tontura. Além disso, já houve casos de pacientes que tiveram o paladar alterado mesmo depois de interromper o uso do remédio. 

– Sibutramina 

Um dos remédios mais conhecidos que podem causar o emagrecimento, a sibutramina é indicada (principalmente) para aqueles que têm um quadro de obesidade mórbida. Esse remédio é um antidepressivo que inibe o apetite e tem ação imediata no sistema nervoso do corpo. 

Entre os principais efeitos causados pela sibutramina estão as alterações de humor, problemas para dormir, dores de cabeça e tonturas. 

– Orlistat 

Usado para o tratamento de obesidade ou sobrepeso, o orlistat faz com que o seu organismo não absorva as gorduras da comida que você ingere. O resultado é que o corpo passa a usar a gordura do corpo como constante fonte de energia, fazendo com que você emagreça; 

Os efeitos que podem acontecer devido ao uso desse remédio são as diarréias, possíveis problemas nos rins e dor constante no abdômen. Além disso, ocorreram casos de incontinência fecal em pacientes que faziam o uso do orlistat. 

Dicas de como usar os remédios para emagrecer 

Todos os remédios para emagrecer, naturais ou farmacológicos, devem estar aliados a uma alimentação balanceada e a prática de atividades físicas. Os suplementos naturais têm sido os remédios mais indicados para a perda de peso, já que não trazem nenhum tipo de efeito e atuam de forma natural no corpo. 

Além disso, com a facilidade de comprar, os suplementos naturais prometem ser os grandes aliados para a perda de peso. Já os remédios farmacológicos devem ser usados com cuidado e sempre com acompanhamento médico. 

Esses remédios podem provocar diversos efeitos e até causar uma reação inversa, por isso, a superdosagem não deve acontecer nunca. Por isso, é preciso ter atenção quanto a qualquer mudança e suspender o uso até procurar ajuda médica. 

Além disso, é preciso entender que qualquer remédio para emagrecer não produz efeitos imediatos, sendo necessário um tempo médio de uso. 

Os suplementos naturais devem ser usados por, no mínimo, 3 meses. Para garantir a eficácia e adaptação do organismo para o novo funcionamento. Já os remédios farmacológicos devem ser usados de acordo com a prescrição médica. 

Algumas opções de chás podem provocar o emagrecimento e ajudar através de uma dieta ou uso de algum suplemento. 

Entre os chás que mais ajudam a emagrecer estão: 

– Chá de abacaxi; 

– Chá de hibisco com hortelã; 

– Chá de amora; 

– Chá preto; 

– Chá matte com limão; 

– Chá amarelo; 

– Chá das 30 ervas; 

– Chá verde. 

Os chás funcionam, principalmente, através da sensação de saciedade, melhora do metabolismo e eliminação de toxinas do corpo. 

Além disso, eles reduzem o inchaço e podem reduzir a vontade de comer doces, sendo grandes aliados para tratar resfriados, sensação de mal-estar e cansaço. 

Os chás também podem agir como remédios para emagrecer, já que são capazes de aumentar a queima de gordura. 

Conclusão 

Os remédios para emagrecer são divididos em três grandes grupos: suplementos farmacológicos e chás. 

Se você está brigando com a balança, uma das melhores opções é utilizar os suplementos, que são remédios naturais e não resultam em efeitos colaterais. 

Já os remédios devem ser usados apenas sob orientação médica. 

Artigos Relacionados

Mais populares